Sexta, 23 de Agosto de 2019
   
Texto

Polícia Militar e TJ-AL inauguram Centro Judiciário de Conflitos e Cidadania na Base Comunitária do Vergel do Lago


Presidente Tutmés Airan entregou os computadores para a equipe que vai atuar no Cejusc. Foto: Caio Loureiro/Ascom TJAL
 
Nessa segunda-feira (04), o comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel Marcos Sampaio, e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Tutmés Airan, inauguraram o Centro Judiciário de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), instalado na Base Comunitária de Segurança (BCS) do Vergel do Lago, pertencente ao 1º Batalhão da PM. Durante a solenidade, o representante da corte judicial entregou dois computadores e mobílias para serem utilizados no referido Centro.
 
O presidente do TJAL, desembargador Tutmés Airan, participou da solenidade e falou sobre a importância da integração entre o Tribunal de Justiça e a Polícia Militar de Alagoas. “É importante podermos usar as instalações da PM para resolver conflitos humanos e produzir paz”, afirmou.
 
O centro de conciliação tem como objetivo resolver conflitos antes que eles ingressem no Judiciário. O atendimento na unidade começa na próxima segunda-feira (11), das 8h às 12h. “A demanda da pessoa será cadastrada e, posteriormente, será marcada a audiência de conciliação”, explicou a juíza Juliana Batistela, responsável pelo Cejusc na Base Comunitária.
 
Ainda de acordo com a magistrada, as primeiras audiências devem começar no dia 18 deste mês. “Devemos iniciar atendendo casos de direito de família e pequenas ações de consumo. As conciliações ocorrerão às segundas e quintas-feiras, das 14h às 17h”, disse.
 
Para o comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel Marcos Sampaio, o Cejusc vai contribuir com a resolução de conflitos que são constantes na área. Ele informou ainda que três dos policiais que integram a equipe foram capacitados no último Curso de Formação de Conciliadores e Mediadores da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal).
 
O comandante do 1º BPM, tenente-coronel Aloísio Júnior, garantiu que além dos trabalhos a serem desenvolvidos pelo Cejusc, o serviço comunitário realizado pela BCS ocorrerá simultaneamente. “Iremos continuar nossa prestação de serviço garantindo a segurança da população da região”, afirmou o oficial.
 
Com informações da Ascom TJAL
Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

ATENÇÃO

Campanha PMAL

CONVENIO

PESQUISE NO SITE

ACESSO À INFORMAÇÃO

Banner

INFORMATIVOS

Banner
Banner
Banner

DISQUE DENÚNCIA

Banner

LINK CNCG

ALAGOAS EM DADOS E INFORMAÇÕES

Banner