Segunda, 26 de Agosto de 2019
   
Texto

Agosto Lilás: Patrulha Maria da Penha participa de audiência pública em Santa Luzia do Norte


Audiência Pública aconteceu em Santa Luzia do Norte. Foto: Caio Loureiro.

A Patrulha Maria da Penha participou de uma audiência pública com o tema “Violência doméstica e familiar contra a mulher e os meios de combatê-la”, na Comarca de Santa Luzia do Norte. A ação faz parte das atividades desenvolvidas durante o Agosto Lilás - mês alusivo ao combate à violência contra a mulher.
 
O evento, que ocorreu na manhã de segunda-feira (05) foi conduzido pela juíza Paula Góes, titular da unidade judiciária. Segundo a magistrada, infelizmente os casos de de violência doméstica no interior são bastantes comuns. Neste ano, já são mais de 80 processos envolvendo agressões contra mulheres na comarca, fora os casos que ainda não foram denunciados.
 
“As vítimas ainda têm muito receio, medo, vergonha, humilhação, então, nosso objetivo hoje é trazer para a comunidade um esclarecimento maior sobre as formas de violência que existem nos dias atuais e as ferramentas que estão disponíveis para toda a população, para que a gente possa combater e mudar essa triste realidade”, explicou a juíza.
 
Agosto Lilás
 
O Agosto Lilás esse ano pauta os 13 anos da Lei Maria da Penha e chama a atenção para os primeiros sinais de violência, que podem se manifestar de diversas formas, como por exemplo: se a mulher for proibida de visitar a sua família ou sair com as suas amigas; se a mulher é humilhada, constrangida em público ou rebaixada através de ofensas ou se tem seus documentos escondidos tudo isso são formas de violência.
 
A Patrulha Maria da Penha, por sua vez, é um projeto elaborado em conjunto pelo Governo do Estado de Alagoas, por meio das Secretarias Estaduais da Mulher e dos Direitos Humanos e da Segurança Pública (SSP), pelo Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública e tem papel preponderante no combate à violência contra a mulher. Por meio da Patrulha, militares atuam diuturnamente acompanhando mulheres vítimas de agressão, garantindo o cumprimento de suas medidas protetivas.
 
A subcomandante da Patrulha Maria da Penha, capitã Cristiane Pinheiro, esclarece que “durante todo o mês de agosto, a divulgação de informações sobre o mecanismo legal de proteção as mulheres será intensificada ainda mais. A campanha Agosto Lilás é de toda a sociedade alagoana, uma vez que é necessário o empenho de todos para o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher”, enfatizou a oficial.
 
Com informações da Ascom TJ/AL
Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

ATENÇÃO

Campanha PMAL

CONVENIO

PESQUISE NO SITE

ACESSO À INFORMAÇÃO

Banner

INFORMATIVOS

Banner
Banner
Banner

DISQUE DENÚNCIA

Banner

LINK CNCG

ALAGOAS EM DADOS E INFORMAÇÕES

Banner