Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Sexta, 13 Setembro 2019 22:14
CATE PMAL 2019

Polícia Militar realiza Aula Inaugural do VI Curso de Ações Táticas Especiais

39 alunos, entre oficiais e praças, terão que provar que possuem habilidades para se tornar um operador tático de uma Unidade de Operações Especiais

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Cerimônia ocorreu no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso Cerimônia ocorreu no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso
A Polícia Militar de Alagoas, por meio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), realizou a Aula Inaugural do VI Curso de Ações Táticas Especiais (CATE PMAL 2019), durante a manhã dessa sexta-feira (13), no Auditório Foyer, situado no Centro Cultural e de Exposição Ruth Cardoso, bairro de Jaraguá, em Maceió.
 
O comandante-geral da PM, coronel Marcos Sampaio, presidiu a cerimônia, que teve a participação de diversas autoridades locais, representantes das forças armadas, da Polícia Federal, de ex-comandantes do BOPE, além dos alunos do CATE e seus convidados.
 
Ao todo, 39 militares, entre oficiais e praças, inclusive de corporações coirmãs, como Maranhão e Pernambuco, passarão por capacitação em diversas disciplinas, como Tiro Policial de Precisão, Explosivo, Operações Helitransportadas, Salvamento Aquático, Extricação de Área de Combate, Atividade Física e Cidadania e Direitos Humanos.
 
Como ocorre tradicionalmente, para concluir o curso, os alunos deverão passar por diversas atividades que medirão o tamanho do seu controle emocional, a resistência à fadiga psicofísica frente a situações críticas, de forma a demonstrarem habilidades indispensáveis a um operador tático de uma Unidade de Operações Especiais.
 
Marcel Talamoni Pellegrini ministrou uma palestra sobre "Atiradores de Precisão, uma alternativa para a resolução da crise"
 
Na oportunidade foram realizadas três palestras sobre o emprego dos operadores táticos em missões reais, com os temas "Atiradores de Precisão, uma alternativa para a resolução da crise"; "Invasão Tática: útima ratio"; e "Inteligência e Operações Especiais no combate às organizações"; ministradas respectivamente pelo sniper e Coordenador do Curso de Atirados de Precisão do COT/DPF, Marcel Talamoni Pellegrini; pelo comandante da COE/BOPE, tenente PMAL Fernando Almeida; e pelo subcomandante do BOPE, major Henrique Jatobá.
 
O coronel Marcos Sampaio enfatizou os benefícios que cursos como o CATE trazem para a Corporação.
 
"É uma satisfação estar aqui, o maior patrimônio da PM é o policial, e quando investimos nesses homens, estamos melhorando na qualidade do serviço prestado a sociedade. Treinar e se capacitar faz toda diferença na hora de agirmos, e a Polícia Militar precisa periodicamente oferecer essa qualificação", explicou o comandante-geral.
 
Alunos observaram atentamente as palavras do comandante do BOPE, major César Monte
 
Já o comandante do BOPE, major César Monte, comentou sobre as dificuldades e desafios em que os participantes serão avaliados.
 
"Os alunos acreditaram no projeto técnico oferecido pelo curso  e buscaram se especializar em sua atividade profissional, adquirindo conhecimentos, que não servirão apenas para a profissão, mas para o resto da vida. Concluir o curso não será fácil, pois serão testados nas  simulações mais desafiadoras que o policial militar se depara nas ruas, que são as ocorrências que envolvem a vida humana, sem permitir erro de execução, muito menos amadorismo de quem estiver envolvido", afirmou o oficial.
 
Ainda durante o evento, houve a entrega de materiais Antibomba da Polícia Federal à Polícia Militar de Alagoas.