Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Sábado, 02 Novembro 2019 15:46
EDIÇÃO 2019

Patrulha Maria da Penha recebe visita de representante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública referente ao Selo de Práticas Inovadoras

Durante a visita à Maceió, pesquisadora doutora Juliana Martins também esteve na sede do 5º BPM onde projeto avaliado foi iniciado

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Representante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública veio à Maceió avaliar ações da Patrulha Maria da Penha Representante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública veio à Maceió avaliar ações da Patrulha Maria da Penha

Nos dias 30 e 31 de outubro do corrente ano, a Patrulha Maria da Penha (PMP) recebeu a visita da pesquisadora doutora Juliana Martins representante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) que veio conhecer de perto as práticas desenvolvidas pela Polícia Militar de Alagoas através da Patrulha.

A PMP é uma das 16 finalistas do Selo FBSP de Práticas Inovadoras, edição 2019, e foi selecionada para receber pessoalmente a visita de um dos membros do fórum que no final de sua visita encaminhará um relatório para o Comitê de Seleção, que escolherá três vencedoras que receberão o Selo FBSP de Práticas Inovadoras – 2019. Foram inscritos 66 projetos de todo o Brasil.

O Selo FBSP de Práticas Inovadoras é uma iniciativa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública que tem como objetivo reconhecer práticas desenvolvidas pelas instituições policiais e guardas municipais com potencial de transformação em cenários de vulnerabilidade à violência, sistematizando e disseminando o conhecimento produzido por e para profissionais de segurança pública.

Além disso, o Selo dará origem a uma Casoteca digital – uma coleção online de casos de sucesso – visando a promover o conhecimento e multiplicação das boas práticas desenvolvidas em território nacional.

A Patrulha Maria da Penha inscreveu o seu projeto de prevenção “Curso de padronização da ação policial com foco ao combate à violência contra mulher e gênero”, que tem como objetivo capacitar os policiais militares de cada unidade da Corporação, a fim de padronizar e qualificar a ação dos agentes de segurança que eventualmente atendam ocorrência do campo de violência doméstica, mostrando a importância da Lei Maria da Penha.

Desta forma prestando um melhor atendimento à população de uma maneira geral, visto que entendemos que a violência doméstica não atinge somente a mulher, mas todo seio familiar e a comunidade ao seu redor. Ao final da capacitação, o batalhão recebe um Selo demonstrando que aquele batalhão foi capacitado pela Patrulha Maria da Penha.

02 11 2019 pmp

 

O protejo criado pela PMP teve atuação, inicialmente, no âmbito do 5º batalhão de Polícia Militar, para tornar a tropa ainda mais qualificada e pronta para atender as ocorrências de violência doméstica que tanto crescem no seio da sociedade.

Para a comandante da Patrulha Maria da Penha, major Danielli Assunção, “apenas o fato de sermos um dos finalistas do Selo FBSP de Práticas Inovadoras – 2019, já é um reconhecimento de como é importante a padronização das ocorrências de violência doméstica e familiar contra a mulher, uma vez que aprimora o serviço de pronto atendimento realizado pela agentes de segurança pública, além de ser um reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Policia Militar de Alagoas”.

 

Patrulha Maria da Penha

Em Maceió, a Patrulha Maria da Penha foi implantada no dia 02 de abril de 2018. Atualmente composta por quatro guarnições, a Patrulha atua 24h por dia e 7 dias por semana e com ponto no Centro Especializado de atendimento à mulher em situação de violência, localizado na Rua Dr. Augusto Cardoso, s/n, Jatiúca.

Desde a sua implantação, a Patrulha Maria da Penha tem acompanhados 211 mulheres vítimas de agressão. Nesse período, foram realizadas 1797 visitas fiscalizatórias as assistidas que acarretaram em 18 prisões por descumprimento de Medida Protetiva de Urgência.

02 11 2019 pmp1