Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Terça, 12 Novembro 2019 20:21
Capacitação

Patrulha Maria da Penha inicia da capacitação para militares do Cisp de Mata Grande

Ações vão alcançar todos os 23 Centros Integrados de Segurança Pública (Cisp) de Alagoas

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Capacitações têm o objetivo de instruir os agentes de segurança pública a fim de padronizar e qualificar as ações que eventualmente atendam ocorrência do campo de violência doméstica Capacitações têm o objetivo de instruir os agentes de segurança pública a fim de padronizar e qualificar as ações que eventualmente atendam ocorrência do campo de violência doméstica

Na manhã desta terça-feira (12) a Patrulha Maria da Penha deu início a uma série de capacitações que irão ocorrer em todos os 23 Centros de Segurança Pública (Cisp) de Alagoas. A capacitação foi iniciada pela Cisp de Mata Grande, no sertão alagoano, que compreende a área do 9° Batalhão de Polícia Militar (BPM).

As capacitações nos Centros Integrados de Segurança Pública tem o objetivo de instruir os agentes de segurança pública a fim de padronizar e qualificar a ação dos agentes que eventualmente atendam ocorrência do campo de violência doméstica, para um melhor atendimento à populaçãode uma maneira geral, considerando que a violência doméstica não atinge somente a mulher, mas todo seio familiar e a comunidade ao seu redor.

E também conscientizar, incentivar as denúncias, prevenir e combater a violência doméstica e familiar contra a mulher, buscando a sensibilização das comunidades nas quais as Cisp’s de cada área que estejam inseridos, com vistas a prevenção e a cultura de Paz.

A capacitação foi uma proposta pela Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) que em reunião com o secretário de Segurança Pública (SSP), coronel Lima Júnior, e demais autoridades, propôs a capacitação da força policial com objetivo prestarem um atendimento mais humanizado às vítimas de violência doméstica. Solicitação que foi acatado pelo secretário da SSP.

 

Para a comandante da Patrulha Maria da Penha, major Danielli Assunção, a capacitação das Cisps são essenciais para o fortalecimento da rede de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, pois entrega a sociedade profissionais de segurança prontos para atuarem nesse tipo de ocorrência”.