Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Quinta, 14 Novembro 2019 18:46
PARABÉNS!!!

Documentário feito pelo CPM é premiado na Olimpíada de Língua Portuguesa

‘‘Acabou-se o que era doce’’ faz referência a atual situação do Riacho Salgadinho, que deságua na Praia da Avenida com todo tipo de lixo

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Medalha foi recebida durante cerimônia realizada em São Paulo Medalha foi recebida durante cerimônia realizada em São Paulo

Três alunos e uma professora do Colégio Tiradentes receberam medalha de bronze na 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Eles estiveram entre os dias 11 e 13 de novembro na cidade de São Paulo para participar da etapa seminal da competição educacional, que foi criada em 2002 pelo Itaú Social e desde 2008 é realizada em parceria com o Ministério da Educação

Os estudantes Caio César da Silva Santos, Iuri de Lima Vieira e Izabel Victória dos Santos Ferreira, ambos do 2º ano do Ensino Médio, conquistaram a premiação após produzirem o documentário “Acabou-se o que era doce”, que faz referência a atual situação do Riacho Salgadinho, antes de águas limpas e doces, mas que hoje em dia deságua na Praia da Avenida, no Centro de Maceió com dejetos e todo tipo de lixo. A produção foi feita sob a orientação da professora especialista Josineide Lima dos Santos.

Além da medalha, a equipe também recebeu um vale para compra de livros na Biblioteca e Livraria Central de São Paulo.

"Foi muito gratificante esse resultado. Foi um trabalho bastante difícil pois mexemos com situações que não são repassadas em sala de aula, como por exemplo, o ângulo pelo qual iríamos gravar as personagens, as perguntas, mas graças a Deus chegamos ao patamar alcançado. Foi um bronze, mas valeu como se fosse um ouro", afirmou um dos alunos integrantes da equipe.

“Chegar ao pódio é um feito que traz muito orgulho para todos nós. Estamos fazendo comque esses alunos se surpreendam e vençam os novos desaos. Essa foi a nossa primeira participação e com certeza ano que vem chegaremos com mais experiência. A temática abordada também serve como alerta para que possamos cuidar ainda mais da natureza, que é nossa. A equipe está de parabéns!”, enalteceu o diretor-geral do CPM, tenente-coronel Carlos Azevedo.

14 11 2019cpmsp1