Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Sexta, 22 Novembro 2019 13:08
PÓDIO TRIPLO

Unidade Agreste do Colégio da PM conquista os três primeiros lugares no concurso de redação da DPU

Três alunas do Colégio Tiradentes, orientadas por policial militar, venceram na categoria II

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Alunas do CPM - Agreste conquistaram os três primeiros lugares em concurso de redação Alunas do CPM - Agreste conquistaram os três primeiros lugares em concurso de redação

O Colégio da Polícia Militar Tiradentes – Unidade Agreste, sediado no município de Arapiraca, no interior de Alagoas, conquistou pódio triplo estadual na 5ª edição do Concurso de Redação realizado pela Defensoria Pública da União (DPU). A unidade de ensino da Corporação recebeu o destaque na categoria II, para estudantes do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, na modalidade Regular e Ensino Técnico, e da modalidade Jovens e Adultos - EJA seriado - do 1º ao 3º ano do Ensino Médio.

As três estudantes que representaram o CPM são Letícia Emanuelly Vital Lúcio, Kenandja Krishna de Araújo e Camille de Souza Doarte, que ficaram em primeiro, segundo e terceiro lugares respectivamente. Os textos produzidos pelas alunas do 2º ano do Ensino Médio e avaliados pela banca examinadora foram orientados pela instrutora cabo Ana Jéssica dos Santos.

O Concurso de Redação da DPU deste ano teve como tema “Defender direitos, evitar desastres: como o acesso à Justiça contribui para o desenvolvimento sustentável”, visando despertar o interesse relacionado à educação em direitos e cidadania, por meio do incentivo à reflexão e ao debate desses assuntos, nos ambientes educacionais da rede pública de ensino, das unidades prisionais e nas escolas do sistema socioeducativo de todo o país.

A temática busca propiciar aos estudantes debates acerca da degradação do meio ambiente e seus efeitos sociais imediatos, assim como refletir sobre o acesso ao Poder Judiciário como veículo de prevenção e reparação das consequências dos grandes desastres ambientais.

“Esse é um assunto bastante atual, principalmente para nós que somos nordestinos. O litoral de nossa região tem sofrido bastante com o aparecimento das manchas de óleo, que ainda são incógnitas para a sociedade. Além disso, tem o problema que vem se agravando também na Capital com o possível afundamento de bairros como o Pinheiro e no interior, os alagoanos vivem com as constantes seca e enchentes. Refletir como a Justiça pode ajudar os que mais sofrem com tudo isso é muito pertinente para os nossos alunos também”, afirmou o diretor-geral do CPM, tenente-coronel Carlos Azevedo.

Ainda segundo o diretor-geral da unidade ensino público, que funciona em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a premiação reforça o ensino de qualidade que vem sendo desenvolvido.

“É mais uma conquista excelente. Ter todo o pódio nosso demonstra verdadeiramente que estamos no caminho certo. Esse feito servirá para que cada vez mais nos empenhemos e coloquemos os nossos alunos a ultrapassar os desafios velando sempre pelos estudos. Com a educação se vai longe, e com certeza essa alunas seguirão vencendo mais e mais”, enalteceu o oficial superior.