Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Sábado, 28 Dezembro 2019 15:15
SEGURANÇA

BPRv e 2ª Companhia Independente registram apreensões de armas em cidades do interior de AL

Durante ações em Flexeiras e Olho D'Água das Flores três pessoas foram presas

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Arma de fogo e munições apreendidas pelo Pelopes da 2ª Companhia Independente Arma de fogo e munições apreendidas pelo Pelopes da 2ª Companhia Independente

Em duas ações distintas na noite dessa sexta-feira (27), equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e da 2ª Companhia de Polícia Militar Independente (CPM/I) registraram apreensões em dois municípios do interior alagoano.

Na região Norte, a guarnição do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes) da 2ª Cia prendeu José Artur Silva Omena, de 28 anos, portando uma arma de fogo na Rua Vereador Aristides Cavalcante de Almeida, no bairro Iraque, em Flexeiras.

Os militares realizavam patrulhamento na região quando avistaram o indivíduo em atitude suspeita. Durante a abordagem, foi verificado que o jovem estava com um revolver calibre 38 com três munições na mesma rua onde mora. Diante da constatação, José Artur foi encaminhado à Delegacia Regional de Matriz de Camaragibe (8ª DRP) e, em seguida, autuado pelo crime de Porte ilegal de arma de fogo.

28 12 2019 bprv

 

Já a guarnição do Posto Rodoviário de Olho D’Água das Flores, pertencente ao BPRv, prendeu dois jovens com um revólver calibre 32 e cinco munições após uma abordagem na rodovia AL-130. Wesley Avelino da Conceição, de 22 anos, e Maikon Kevely Oliveira Cardoso, de 19 anos, estavam numa motocicleta Honda Pop em atitude suspeita quando foram avistados pelos policiais.

Com a dupla, os policiais também encontraram dois aparelhos celulares e R$ 80,00, em espécie. Durante as indagações aos indivíduos, uma pessoa ligou para um dos aparelhos telefônicos e informou que tinha sido vítima de um assalto. O dono do outro celular também foi contactado e confirmou as características dos abordados pelos militares.

Diante do fato, os materiais recuperados foram devolvidos aos proprietários que têm 23 e 25 anos de idade. E os dois infratores, reconhecidos posteriormente pelas vítimas, foram levados junto à Polícia Judiciária para a realização dos procedimentos cabíveis.