Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Segunda, 20 Janeiro 2020 11:53
COMBATE AO CRIME

BPRp retira duas armas de fogo de circulação em Maceió

Um suspeito foi preso com pistola e maconha sob sua posse, outro foi contido após cometer um roubo

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Arma de fogo estava com indivíduo durante abordagem Arma de fogo estava com indivíduo durante abordagem

ções distintas do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) retiraram drogas e duas armas de fogo de circulação. Dois suspeitos também foram presos. Os fatos ocorreram neste domingo (19).

A primeira situação foi registrada durante a tarde no Conjunto Luiz Pedro III, no Complexo Benedito Bentes em Maceió. Com base em informações fornecidas pelo Serviço de Inteligência da unidade especializada, a guarnição RP 02 foi averiguar a denúncia com o apoio da RP 03.

Chegando no endereço indicado, e com a devida autorização da proprietária do imóvel (genitora do suspeito), os militares adentraramà residência. O autor afirmou que possuía certa quantidade de maconha e uma pistola 380 e indicou o local exato onde escondia os itens.

As equipes se dirigiram à Central de Flagrantes 01 para a realização dos procedimentos cabíveis. Além do indivíduo, foram encaminhados uma pistola calibre 380 com carregador oito munições do mesmo calibre e ainda um aparelho celular, um caderno com anotaçõe relacionadas ao tráfico de drogas e 580gramas de maconha.

 

20 01 2020bprp2

O segundo fato ocorreu durante a noite na
Avenida Fernandes Lima frente ao Tribunal de Contas, no bairro Farol. A equipe FT 07, composta por militares pertencentes ao BPRp, seguia em deslocamento para a respectiva área de atuação quando se deparou com uma vítima relatando que teria sido assaltada por um indivíduo que portava arma de fogo.

De imediato, a guarnição foi a procura e avistou o suspeito com as características informadas pela vítima. Assim que ele avistou a guarnição, tentou foragir, masfoi alcançado portandoum revólver calibre 22 e o smartphone da vítima.

Diante da autoria e materialidade do fato, vítima e infrator, foram levados à Central de Flagrantes para lavratura dos procedimentos legais cabíveis. Mediante fundado receio de fuga, foi necessário o uso das algemas para conter o conduzido.