Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Quarta, 12 Fevereiro 2020 10:11
CRIME AMBIENTAL

Durante fiscalização em complexo lagunar, Batalhão Ambiental apreende 350 caranguejos-uçá

Animais foram encontrados dentro de uma embarcação que estava perto de manguezais em Coqueiro Seco

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
350 caranguejos da espécie Uçá são apreendidos durante fiscalização do BPA 350 caranguejos da espécie Uçá são apreendidos durante fiscalização do BPA

Nessa terça-feira (11), a guarnição aquática do Programa Força Tarefa, composta por militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), apreendeu 350 carangueijos da espécie Uça (Ucides cordatus) durante uma fiscalização no Complexo Lagunar Mundaú Manguaba, na Região Metropolitana de Maceió.

Os animais estavam dentro de sacos numa embarcação encontrada nas proximidades de manguezais perto do Povoado Cadoz, em Coqueiro Seco. Após a constatação de que os carangueijos estavam vivos, os animais foram soltos em seu habitat natural.

A apreensão ocorreu dentro do segundo período de proteção da reprodução do caranguejo-uçá. Durante o período de defeso, pela Instrução Normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), fica proibida a captura, o transporte, o beneficiamento, a industrialização e a comercialização da espécie em Alagoas e outros estados do país, como por exemplo, Pernambuco e Pará.

12 02 2020 bpa1

A proteção da reprodução corresponde aos períodos conhecidos como “andada”, quando machos e fêmeas saem de suas tocas para acasalar. Os animais ficam mais vulneráveis à captura nesse momento, que corresponde à lua cheia. De acordo com o que foi estabelecido pelo MAPA, o primeiro período de defeso foi entre os dias 11 e 16 de janeiro; o 2º está sendo entre os dias 10 e 15 de fevereiro; e o terceiro período será entre 10 e 15 de março deste ano.

Estabelecimentos com atividades relacionadas ao uso do caranguejo-uçá deverão informar ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ou ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) a relação detalhada dos estoques do animal até o último dia útil que antecede cada período de andada. Os estoques transportados devem estar acompanhados de autorização emitida pelo Ibama da origem ao destino final.

As pessoas podem entrar em contato com o Batalhão Ambiental para denunciar possíveis crimes ambientais como a captura ilegal de carangueijos no período de defeso através do 190 ou pelo (82) 98833-5879.