Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Sexta, 28 Fevereiro 2020 14:07
FISCALIZAÇÃO

Operação Lei Seca autua 50 condutores por embriaguez ao volante durante o carnaval; Sete deles foram presos

Na ação conjunta entre BPTran e Detran-AL, 65 condutores inabilitados também foram flagrados na festa de Momo

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Ações conjuntas entre BPTran e Detran-AL aconteceram em dez municípios alagoanos Ações conjuntas entre BPTran e Detran-AL aconteceram em dez municípios alagoanos

Guarnições do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) participaram de 12 ações da Operação Lei Seca, que é coordenada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran-AL), entre os dias 19 e 26 de fevereiro, no período das festas carnavalescas. Durante as ações, 50 condutores foram autuados por situação de alcoolemia, sendo que sete deles chegaram a ser presos após a realização do teste do etilômetro.

As operações foram realizadas nos municípios de Maceió, Marechal Deodoro, Barra de São Miguel, Barra de Santo Antônio, São Luís do Quitunde, Murici, União dos Palmeiras, São José da Laje, Boca da Mata e Palmeira dos Índios. Dos outros 43 autuados por embriaguez ao volante, 36 deles foram retirados de circulação após se recusarem a se submeter ao teste do bafômetro. Os demais obtiveram resultado no exame entre 0,05 a 0,33mg/L e também receberam sanções administrativas.

Ao todo, 1.146 testes de alcoolemia foram realizados e 1.098 veículos foram abordados, tendo os seus ocupantes revistados. Os agentes e os militares também flagraram, durante a fiscalização, 65 condutores inabilitados.

“São números extremamente preocupantes. Tanto da situação de alcoolemia quanto dos inabilitados flagrados. As ações são realizadas com a finalizada de preservar vidas e a preservação começa com as observações das normas de trânsito e também com os cuidados de quem se coloca a conduzir um veículo mundo afora. É preciso lembrar que ao infringir uma lei você comete não só um erro, mas também cria perigos, que podem culminar com o sofrimento de outrem, inclusive de seus próprios familiares”, afirmou o tenente Emanuel Costa, que é coordenador da Operação Lei Seca em Alagoas.

Nas doze ações realizadas, foram confeccionados 214 autos de infração por diversas irregularidades, além das já citadas. Trinta e nove Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) foram recolhidas e dois veículos foram removidos ao pátio do Detran-AL por apresentarem pendências ou restrições.

Mais de mil testes do etilômetro foram realizados durante ações
Mais de mil testes do etilômetro foram realizados durante ações