Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Quinta, 19 Março 2020 15:55
TRABALHO INTEGRADO

Operações conjuntas desarticulam organizações criminosas em Maragogi e Colônia Leopoldina

Ao todo, 16 pessoas foram presas e sete armas de fogo apreendidas

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Espingardas, revólveres e drogas apreendias em Colônia Leopoldina Espingardas, revólveres e drogas apreendias em Colônia Leopoldina
A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), em conjunto com as polícias Civil e Militar, deflagrou, nas primeiras horas desta quinta-feira (19), uma operação integrada com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atuava em Maragogi. 
 
A operação foi denominada Contumaz, pelo frequente tráfico de drogas e homicídios numa localidade conhecida como Risca-Faca. As investigações apontaram ainda que o líder da organização é membro de uma conhecida facção criminosa e se encontra recolhido no Sistema Prisional. 
 
Foram expedidos cinco mandados de busca e apreensão e seis de prisão, que foram representados pela Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), após um trabalho investigativo na região e que constatou o envolvimento de todos os alvos em ações criminosas.  
 
Foram presas seis pessoas, sendo quatro homens e duas mulheres.  Os presos foram encaminhados para a DEIC, no bairro da Santa Amélia, onde foram autuados pelos crimes. 
 
Participaram da operação equipes do 6º Batalhão da Polícia Militar e agentes da DEIC, coordenadas pelo diretor da Deic, delegado Gustavo Henrique e o comandante do 6° BPM, tenente-coronel Eliezer. 
 
As ações referentes a essa operação continuarão no decorrer do dia de hoje. A população deve auxiliar o trabalho da Segurança Pública por meio do aplicativo ou ligações para o Disque Denuncia 181. A ligação é gratuita e o sigilo garantido.
 
Apreensão de sete armas de fogo
 
Em outra operação envolvendo policiais militares e civis foram apreendidas sete armas de fogo, além de drogas, durante a tarde dessa quarta-feira (18), no município de Colônia Leopoldina. Na ação, dez pessoas foram presas.
 
Uma guarnição do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) foi acionada pelo Serviço de Inteligência (P2), ambos pertencentes à 2ª Companhia de Polícia Militar/Independente (CPM/I), para averiguar uma associação criminosa, que estaria cometendo crimes na região, como homicídios, tráfico e assaltos.
 
Com o apoio dos agentes da delegacia local, a equipe conseguiu deter o grupo e o encaminhou para a Delegacia de Matriz de Camaragibe para que fossem tomados os procedimentos cabíveis.
 
Ao todo foram apreendidas cinco espingardas, sendo duas de fabricação artesanal do tipo soca tempero, uma de calibre 32, uma de calibre 28 e outra de calibre 20; além de dois revólveres de calibre 38, cinco armadilhas para caça; 24 munições de diversos calibres, 1.095 bombinhas de maconha e 225 pedras de crack.