Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Domingo, 05 Abril 2020 16:50
MEIO AMBIENTE

BPA registra ações na capital e interior por crimes ambientais

Dentre as ações, uma cobra jiboia acabou sendo resgatada

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) registrou nos últimos dias prisões de indivíduos após operação de fiscalização em Viçosa, bem como averiguou denúncias anônimas de situações inerentes ao meio ambiente em Rio Largo, e ainda realizou o resgate de uma cobra em Maceió.

Na tarde da última sexta-feira (03), a equipe Ambiental 2 e a Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (ADEAL) flagraram um matadouro clandestino de suínos que funcionava nos fundos de uma residência no município de Viçosa.

Durante a ação de fiscalização foram constatadas várias irregularidades, dentre as quais o abate dos animais sem as condições higiênico sanitárias previstas em lei, bem como a ausência da não comprovação de que o animal passou por exames feitos por um médico veterinário, o que impede a confirmação de que o animal não possui nenhuma patologia ou se ao menos foi vacinado.

Também ficou configurado o crime de poluição. O estabelecimento poluidor funcionava sem licença ambiental e descartava os efluentes e resíduos provenientes do abate diretamente no meio ambiente, sem qualquer tipo de tratamento. Aliado a tudo isso, ainda houve o flagrante de maus tratos, pois as técnicas de abate utilizadas eram contrárias a instrução normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Foram apreendidos cerca de 450 kg de carnes suínas. O autor foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Outras ações

 

Já na manhã desse sábado (04), em cumprimento a uma denuncia de poluição hídrica no conjunto Jarbas Oiticica, a equipe Ambiental 2 constatou que a Estação de Tratamento de Esgoto do loal não estava funcionando a contento e que o esgoto estava vertendo em via pública, desaguando no Rio do Mulato, que fica bem próximo a barragem que abastece o conjunto.

Após constatação do crime ambiental foi feito contato fez contato com a Casal e com a Prefeitura de Rio Largo, porém sem êxito. O caso será encaminhado para procedimento das medidas cabíveis.

Ainda no Município de Rio Largo, nas margens do Rio Mundaú, foi constatado o descarte irregular de resíduos sólidos provocando poluição não somente no rio citado como favorecendo uma série impactos ambientais. Não foi possível encontrar nenhum responsável da prefeitura do citado Município, porém, posteriormente será feito o contato.

No Município de Viçosa a equipe foi atender a uma denúncia da extração mineral irregular, porém o local denunciado estava fechado a qualquer tipo de visitação pela Prefeitura local e nada foi constatado, porém foi percebido pelos policiais o descarte irregular de alguns resíduos sólidos num local conhecido como Cachoeira do Anel.

Já em Maceió foi realizado o resgate de uma cobra jiboia que foi encaminhada para o Cetas Ibama e que após um período de quarentena será reintroduzida no seu habitat natural.