Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Domingo, 14 Fevereiro 2021 14:21
FOLIA

Bloco Vulcão da Polícia Militar anima foliões durante live carnavalesca

Completando 85 anos, bloco entrou erupção neste domingo de carnaval com muito frevo e axé

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Apresentação foi transmitida direto do Museu Théo Brandão, em Maceió Apresentação foi transmitida direto do Museu Théo Brandão, em Maceió

O domingo de carnaval foi de muita folia após o Bloco Vulcão da Polícia Militar de Alagoas entrar em erupção. Com uma apresentação ao vivo transmitida através do Canal Acta Oficial, no Youtube, os músicos militares embalaram muito frevo e axé direto do Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore, no Centro de Maceió. Esta foi a primeira vez que o bloco foi realizado de forma virtual.

O formato do evento, que pode ser acompanhado através da internet, foi motivado pelas medidas de restrições que suspenderam as festas carnavalescas por ocasião da pandemia do novo coronavírus. Por causa da situação de calamidade pública, o Bloco Vulcão não pôde desfilar na Orla da Capital como de costume, mas nem por isso deixou de levar animação ao público que acompanha o bloco alagoano mais antigo em atividade.

“Apesar da condição da pandemia e as medidas de prevenção que devem ser tomadas, não poderíamos deixar de ter esse compromisso com a sociedade alagoana e ter o Vulcão, mesmo que seja através de transmissão on-line. São 85 anos de bloco e não poderíamos passar em branco. O próprio governador Renan Filho perguntou pelo Vulcão e eu afirmei para ele que a erupção pode até ser virtual, mas com certeza irá animar todos os que sempre acompanham esse grande evento da Polícia Militar”, disse o comandante-geral da PM, coronel Wellington Bittencourt, que também subiu ao palco e entoou um dos hinos da festa de momo: Voltei Recife, eternizado na voz de Alceu Valença.

14 02 2021 live blocovulcao 4

A apresentação musical feita por meio de live contou com a parceria também da Secretaria de Estado da Cultura, Secretaria de Estado da Comunicação e da empresa Claro Maceió. Os secretários de Comunicação e Prevenção à Violência, Enio Lins e Esvalda Bittencourt, respectivamente, também acompanharam de perto o show.

“Muito importante esse momento, esse resgate, essa apresentação do Bloco Vulcão. Mesmo que seja de forma virtual, mas nós precisamos estar presentes, curtindo o máximo, claro mantendo todos os cuidados necessários contra a Covid-19. Prevenção é tudo, precisamos que as pessoas nos ajudem, curtam junto aos seus familiares de casa mesmo para que possamos vencer esse momento tão difícil”, afirmou Esvalda.

14 02 2021 live blocovulcao 15

“É um bom carnaval, tendo em vista que está sendo feito dentro das regras sanitárias para preservar a saúde do maior número de pessoas possíveis. Este é o carnaval das lives e com muita honra estamos aqui com o Vulcão que completa seus 85 anos, sendo o mais antigo em atividade do Estado. A Secom tem a grata satisfação de ser parceira da Polícia Militar neste evento há muitos anos e temos muitos projetos na área para a Banda da PM de Alagoas que este ano completa seus 170 anos de fundação”, enalteceu Enio Lins.

Confira galeria de fotos do evento clicando aqui

 

Banda da PM e o Bloco Vulcão

A banda como hoje é conhecida, data do século XIX. Foi criada em 1851 por meio da Lei nº 145 de 02 de junho, no organograma da então Milícia Provincial. A banda esteve presente em episódios como a recepção ao Imperador Dom Pedro II em sua visita à Penedo em 1859. Em 1865, os músicos desfilaram pelas ruas de Maceió prestando homenagem aos Voluntários da Pátria que embarcaram com destino à Guerra do Paraguai. O ano de 1936 foi marcante pelo nascimento do Bloco Vulcão.

14 02 2021 live blocovulcao23

Multidões se juntavam aos músicos durante os desfiles dos blocos carnavalescos. Por lá, a segurança dos foliões era feita pelas patrulhas das corporações militares, entre elas, a Polícia Militar. Após a festa de Momo, muitos militares reclamavam por não participarem da folia por causa do trabalho. Assim sendo, com esta insatisfação, um grupo de músicos da PM, entre eles Isaac Galvão Cruz e José Francelino Teixeira, resolveu criar uma agremiação que desse fim ao problema e desfilasse após o carnaval.

Diante disso, nasceu o Bloco Vulcão, que recebeu o batismo ao som do hino “Vulcão em chamas”, de autoria de um de seus fundadores. Depois de uns anos sem conseguir desfilar, o bloco voltou às ruas, mas novamente se ausentou do carnaval maceioense.

14 02 2021 live blocovulcao 18

Depois de 1974, já sob a responsabilidade da 5ª Seção do Estado-Maior Geral da PM (Assessoria de Comunicação), o Vulcão voltou a entrar em erupção e ganhou do radialista Edécio Lopes o seu novo hino, Toque de Reunir. Mas foi somente na década de 1990, que aconteceu a volta definitiva do Vulcão às avenidas de Maceió, passando a ser realizado no encerramento das prévias do carnaval, no Banho de Mar à Fantasia.

Em 2012, a Banda da Corporação foi tombada como Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural Imaterial de Alagoas. E em 2016, quando o Bloco Vulcão completou 80 anos, sendo o mais antigo em atividade, os músicos foram homenageados durante o “Jaraguá Folia”.

14 02 2021 live blocovulcao 1