Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Sábado, 25 Setembro 2021 13:38
SOCORRO

Militares do Bope prestam primeiros socorros a mulher com distúrbio em Maceió

Salvamento ocorre em mês de conscientização sobre a prevenção do suicídio; Workshop sobre a temática será realizado pela PM

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Socorro de jovem ocorreu em meio à campanha Setembro Amarelo Socorro de jovem ocorreu em meio à campanha Setembro Amarelo

Militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) prestaram os primeiros socorros a uma mulher de 28 anos com depressão no conjunto Graciliano Ramos, no bairro Cidade Universitária, parte alta de Maceió.

A guarnição do Canil do Bope realizava patrulhamento pela Avenida Empresário Nelson de Oliveira Menezes quando foi acionada por populares informando que a jovem estava com poucos sinais vitais. Segundo informações, ela foi encontrada se debatendo em espasmos musculares após ter ingerido uma substância até o momento desconhecida.

Em seguida, a equipe policial deu início aos atendimento pré-hospitalar e ao mesmo tempo acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Com o procedimento realizado pela guarnição, houve o restabelecimento da homeostase da vítima.

Com a chegada da viatura do Samu, a mulher foi então encaminhada ao Hospital Geral do Estado (HGE) para receber a avaliação especializada da unidade de saúde localizada no bairro do Trapiche da Barra.

 

Setembro Amarelo

O socorro feito pela equipe do Bope ocorreu no último dia 17 de setembro, mês dedicado à conscientização sobre a prevenção ao suicídio. A campanha Setembro Amarelo, criada em 2015, é uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), da Associação Brasileira de Psiquiatria e do Conselho Federal de Medicina. Neste ano, o tema é "Agir salva vidas".

Nesse contexto da pandemia da Covid-19, há um alerta para um aumento ainda maior nas ocorrências de suicídio e automutilação, devido ao agravo de riscos psicossociais, medo do contágio, ansiedade, isolamento social, luto e stress das tensões relativas à infecção. O momento e seu impacto na sociedade são mundialmente estudados, especialmente no âmbito da saúde, educação, economia e em demais questões sociais.

25 09 2021 setembroamarelo

O Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza atendimento para pessoas em sofrimento psíquico por meio dos serviços da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Com a pandemia, os atendimentos disponibilizados pela rede também passaram a incluir o formato remoto de teleatendimento para acompanhamento dos usuários com transtornos mentais. No aplicativo Conecte SUS, é possível buscar o estabelecimento com atendimento de saúde mental mais próximo de você. Pelo Mapa da Rede de Atenção Psicossocial é possível, também, conferir a lista de estabelecimentos da RAPS que oferecem atendimento em saúde mental no Brasil.

 

Workshop na PM-AL

O Centro de Assistência Social (CAS) da Polícia Militar de Alagoas vai promover no próximo dia 29 de setembro o workshop “Valorização da vida: o papel da gestão na prevenção ao suicídio dentro da PM-AL”. O evento será realizado no auditório da Universidade Uninassau, localizada na Rua José de Alencar, no bairro do Farol, em Maceió, a partir das 8h da manhã.

Durante o workshop, que visa a conscientização os comandantes de unidades da Corporação, acontecerão grupos de trabalho que serão divididos em salas de discussão. O CAS também tem desenvolvido diversas ações em prol da valorização da vida, que podem ser acompanhadas no perfil da unidade no Instagram.