Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Sábado, 26 Fevereiro 2022 12:09
CONSCIENTIZAÇÃO

PMP inicia Operação “Sem Carnaval, mas com Proteção”

Patrulha Maria da Penha promove ação de conscientização na orla marítima de Maceió

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Na capital, militares da PMP distribuíram material informativo para pedestres e condutores na região da orla marítima Na capital, militares da PMP distribuíram material informativo para pedestres e condutores na região da orla marítima

A Polícia Militar de Alagoas, por  meio da Patrulha Maria da Penha (PMP), iniciou na manhã deste sábado (26) a Operação “Sem Carnaval, mas com Proteção”. A iniciativa tem o intuito de promover maior segurança ao gênero feminino, nos diversos bairros da capital alagoana durante o período carnavalesco.

A operação adotará medidas preventivas e ostensivas no intuito de atender os chamados que envolvam violência doméstica, prestando orientações especializadas na proteção das mulheres, assim como desafogar esse tipo de ocorrência às guarnições das áreas recobertas, garantindo a tranquilidade durante todo o período momesco.

 26 02 2022pmpcarnaval

Entre as iniciativas preventivas, foi realizada uma Blitz de Conscientização sobre a Violência contra Mulher na orla marítima. A ação consistiu na entrega de material informativo de conscientização – realizada pela Rede de Enfrentamento –, informando os tipos de violências sofridas pelas mulheres, que são, na maioria das vezes, cometidas pelo companheiro afetivo, que podem ser denunciadas às autoridades policiais. 

“Esta ação é essencial para que não só as mulheres tenham ciência dos meios que dispomos para protegê-las, mas também que a população saiba como proceder e a quem recorrer ao presenciar alguma situação de violência, o que nos permitirá avançar ainda mais no suporte dessas mulheres e no combate à violência”, afirmou a comandante da PMP, Tenente-coronel Danielli Assunção.

 26 02 2022pmpcarnaval2

“Hoje o Estado conta com uma rede consolidada de proteção e atendimento à mulher, sendo a Patrulha Maria da Penha um dos órgãos que compõem esse sistema. Atualmente, mais de 1600 mulheres já foram encaminhadas pelo Poder Judiciário e foram acompanhadas de perto pelas equipes da Patrulha, que hoje está promovendo a orientação de motoristas e pedestres”, completou a comandante.