Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Quinta, 24 Março 2022 15:33
EM MACEIÓ

Militares do BPGd ministram palestram para estudantes e Patrulha Maria da Penha promove capacitação para efetivo

Ações distintas foram promovidas no conjunto Eustáquio Gomes, no bairro Cidade Universitária, e no Farol

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Militares palestram para alunos de escola pública do Eustáquio Gomes, em Maceió Militares palestram para alunos de escola pública do Eustáquio Gomes, em Maceió

Policiais militares da Base Comunitária do Novo Jardim, pertencente ao Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd), ministraram uma palestra para estudantes da Escola Estadual Alfredo Gaspar de Mendonça, localizada no conjunto Eustáquio Gomes, no bairro Cidade Universitária, em Maceió, na tarde dessa quarta-feira (23).

A palestra para os alunos do primeiro ano do Ensino Médio teve como objetivo apresentar a rotina da atividade policial militar, esclarecer dúvidas sobre a profissão e fomentar o interesse da juventude pelo trabalho policial. Na ocasião, foi promovido um diálogo entre a guarnição e os estudantes, e também foram debatidos temas relevantes do cotidiano do serviço.

 

Capacitação

A Patrulha Maria da Penha (PMP) concluiu nessa quarta, uma capacitação com todo o efetivo sobre gênero e os grupos vulneráveis. A iniciativa, que foi realizada nos dias 21 e 23 de março, no auditório do Batalhão de Polícia Escolar (BPEsc), servirá para que os militares possam atuar com base nas garantias legais e nos direitos fundamentais da pessoa humana, no sentido de melhorar a qualidade no atendimento à sociedade, a fim de minimizar o preconceito e a discriminação na oferta do serviço público.

24 03 2022 pmp

A capacitação foi ministrada por membros da Superintendência de Políticas Públicas de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), que apresentaram estudos de casos para avaliar e orientar a percepção e ação na base legal.

“O silêncio e a invisibilidade das variadas e complexas formas de ser e existir, estão na base da formação da sociedade. Esse silêncio e invisibilidade como forma de negar e, portanto, excluir as variadas formas de ser, refletem no serviço público tornando esse tipo de capacitação essencial para proporcionar à tropa uma visão crítica, para que possa atuar de acordo com as garantias fundamentais que nossa constituição traz para cada cidadão brasileiro”, afirmou a Comandante do BPEsc e da Patrulha, Tenente-coronel Danielli Assunção.

24 03 2022 pmp1

24 03 2022 pmp2