Notícia

POLÍCIA MILITAR

Polícia Militar do Estado de Alagoas
Terça, 29 Março 2022 09:23
SEGURANÇA

Patrulha Maria da Penha participa do lançamento do aplicativo Salve Maria

O aplicativo é um dispositivo que vem auxiliar no combate à violência doméstica

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +


Militares integrantes da Patrulha Maria da Penha participaram na tarde dessa segunda-feira (28) do lançamento do aplicativo Salve Maria. O evento aconteceu no Salão Aquatune, no Palácio República Palmares, e contou com a presença do Subcomandante Geral da PM, Coronel Thúlio Emery.

 

A iniciativa nasceu através de um Acordo de Cooperação Técnica realizado entre o Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública, da Agência de Tecnologia da Informação e da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos. Desta forma, o aplicativo Salve Maria chega a Alagoas como mais uma ferramenta para o enfrentamento à violência doméstica e familiar.



O aplicativo conta com uma interface interativa, de fácil utilização, que permite à vítima acionar os mecanismos de defesa em casos de violência contra a mulher. Por meio deste serviço, a polícia pode ser acionada com a opção ‘botão do pânico’, além de também ser possível o envio de denúncias anônimas sobre agressões (físicas, morais ou psicológicas), com detalhamento de informações, fotos e vídeos.

 

pmp 29.03 2

 

“É um grande avanço para Alagoas a implantação do aplicativo Salve Maria. Sabemos que o ciclo da violência contra a mulher é difícil de ser quebrado, mas quando unimos forças em busca de um propósito, tudo é possível. E, assim, ao fortalecermos a rede de atendimento à mulher, firmamos o objetivo em comum de minimizar os índices de violência doméstica no Estado”, reforçou a secretária da Semudh, Maria Silva.

 

Para a Subcomandante da Patrulha Maria da Penha, Capitã Cristiane Pinheiro, “o aplicativo Salve Maria vem para somar com as demais formas de garantia de proteção às mulheres em situação de violência. Um aplicativo dessa grandeza vai permitir que a Rede de Proteção, da qual a Patrulha faz parte, possa socorrer, instruir e acolher essa mulher e, após ela realizar a denúncia, solicitar a sua medida protetiva de urgência para que possa ser acompanhada pela Patrulha”, afirmou.



O aplicativo está disponível para as plataformas Android e IOS.

 

pmp 29.03 1